O CASAMENTO PERFEITO

Gostou? compartilhe!

Veja nossos artigos

O CASAMENTO PERFEITO

Sempre que uma pessoa e admitida numa empresa, e como se ocorresse um casamento entre esta pessoa e esta empresa. Ha sempre um desejo para que esta uniao seja longa, feliz e produtiva para todas as partes.

Como fazer com que isto aconteca? Nao quero dar conselhos ou recomendacoes; antes, quero fazer uma analogia com os casamentos reais e trocar ideias, compartilhar algumas de minhas vivencias e levantar alguns pontos para pensarmos.

Comecando com a uniao: nunca, em hipotese alguma, a empresa, representada pelo chefe e o profissional, devem deixar de ser o que de fato sao. No casamento, como na empresa, ha sempre tres personagens: a empresa, o profissional e a uniao. Isto quer dizer que cada um de nos precisa aprender a definir seus momentos de equipe e seus momentos individuais. Se o profissional pede um tempo para preparar um projeto, isto nao e para a empresa interpretar como rejeicao, desprezo ou tentativa de se isolar. Se a empresa muda suas prioridades e desativa um projeto, o profissional nao deve levar isto para o lado pessoal. Aprender a equilibrar os momentos individuais com os de equipe e fundamental. Aprender adesgrudar tambem e importante, sob risco de sufocar a relacao profissional. Todos nos precisamos de momentos a sos, de momentos com apenas alguns colegas e de momentos em equipes.

Paciencia e tolerancia sao para ser desenvolvidos. Cada um de nos e diferente do outro. Nao se deve embarcar jamais no projeto furado de um querer modificar o outro. Nos so podemos modificar a nos mesmos. Uma grande licao a aprender e que os outros sao diferentes, e apenas isto: SAO DIFERENTES. Nos tendemos a julgar nosso jeito de ser como o certo, e, portanto, se o outro faz diferente, ele esta errado. NAO!!! E so diferente, e nao errado. Aprendi com meu amigo Peter Harazin, da Hicon, que as bases da compreensao duradoura sao:

  • Eu compreendo, aceito e respeito quem eu sou
  • Eu compreendo, aceito e respeito quem voce e, mesmo sendo diferente
  • Voce compreende, aceita e respeita a si mesmo
  • Voce me compreende, aceita e respeita, mesmo sendo diferente
  • Nos juntos podemos fazer uma grande uniao

Aprender a ser tolerante e paciente e algo muito dificil. E um aprendizado de toda uma existencia. Conviver com as diferencas e dificil, mas se aprende muito com isto.

Outro ponto e que e preciso falar, falar, falar e nunca calar. Nao se deve deixar que pequenas frustracoes e decepcoes ou a rotina do dia a dia de cada departamento se transformem em abismos ou muralhas entre as pessoas. Para isto e preciso negociar as metas, tarefas e atividades; estabelecer e honrar limites; ter mecanismos integradores para lidar com as quebras de contrato, os esquecimentos ou as pisadas de bola; se ha boa fe entre as partes, estar disposto a rever e recomecar muitas vezes; praticar muito o ouvir ativamente, sem ficar na defensiva. A palavra dita e como uma pedra arremessada, uma vez que saiu, ja foi. As duas partes devem ser sabias e cautelosas, preservando a relacao, sabendo o momento certo de falar, mas nao se calando. Isto envenena a alma.

Outra base das relacoes produtivas e a transformacao. Nos muitos anos de relacoes profissionais e pessoais, as partes vao se transformando. Nos nunca somos e permanecemos os mesmos. Ao longo do tempo vao se desenvolvendo dentro de nos muitos profissionais, assim como as empresas tambem se transformam. Isto e muito bom, pois se nos fossemos sempre exatamente os mesmos, imutaveis, provavelmente as separacoes se tornariam inevitaveis. Nao e possivel um profissional ficar casado com a mesma empresa por tantos anos ou ate decadas: como de tempos em tempos surgem profissionais e empresas transformadas, nao ha monotonia e a relacao se renova. Jung diz o que e verdadeiro se transforma, e so o que se transforma permanece verdadeiro. E o que devemos buscar.

E importantissimo procurar resolver as pendencias no aqui e agora. Nao adiar muito, pois isto nao faz bem. Antes de a empresa pensar em buscar outro profissional, ou este buscar nova empresa, e bom tentar resolver as divergencias. Tenho visto tantos e tantos profissionaistentarem resolver suas dificuldades trocando de empresa, ou vice versa, e os problemas se repetem: os personagens mudam, mas o script e sempre o mesmo.

Finalmente, a relacao profissional precisa ser mais que apenas profissional. Precisa ser tambem uma relacao na qual exista a paixao e o amor por aquilo que se faz. E o amor e muito mais que a paixao. O amor e colocar a visao do conjunto harmonizada com os interesses individuais da empresa e do profissional. O amor e negociacao de quais serao as prioridades deste mes. Amor e abrir mao de coisas imediatas em prol de coisas mais duradouras. Amor nao da para definir. Amor e para ser vivido, a cada momento, como der e como vier.

Estas palavras nao sao verdades absolutas. Antes sao a fruto da experiencia na busca de relacoes profissionais sadias e verdadeiras. Desejo que as empresas e os profissionais encontrem os seus caminhos e suas formas eficazes de se relacionar, lutem por seus ideais, honrem o seu passado e nao desistam de seus sonhos.



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Boog Whatsapp Boog