R. Andréa Paulinetti, 274 - São Paulo-SP 11 5183-5187 11 5183-5096 11 983975531



DESAFIOS 2007 DO T D NAS ORGANIZACOES

Gostou? compartilhe!

Veja nossos artigos

DESAFIOS 2007 DO T&D NAS ORGANIZACOES

Gustavo G. Boog

No papel de um dos Coordenadores doManual de Treinamento e Desenvolvimento, um projeto cooperativo entre ABTD, ABRH Nacional, AAPSA e ASTD Brasil, tivemos a excepcional oportunidade de conviver proximamente com 70 dos mais brilhantes profissionais, cada um trazendo sua visao e experiencias nos capitulos que escreveram nesse livro. Desse convivio pudemos destilar o que chamamos osCinco desafios do T&D, cuja essencia e sugestoes de como lidar estao apresentados a seguir:

Desafio 1 Conciliar tempo de aprender com o tempo de produzir:necessidade de equilibrar demandas conflitantes, sabendo que aprender o novo e essencial para a sobrevivencia e desenvolvimento das organizacoes, ao sabendo que o tempo para isso e cada vez mais escasso.

O mundo (chefe, cliente) demanda curto prazo (tudo e urgente) x processos de desenvolvimento que demandam tempo de maturacao
Referenciais estao desmoronando rapidamente: tudo muda, muito, veloz, radical!
Empresas pressionadas por reducao de custos; querem programas sob medida, de custo mais alto, mas com orcamentos reduzidos
Devido a sobrecarga, esta mais dificil conciliar tempo de produzir com tempo de aprender.

Sugestoes de como lidar com esse desafio

Ser rapido nas respostas. Ir direto ao ponto. Focar no essencial
Buscar formas inovadoras de reduzir custos
Dividir custos fixos com programas cooperados, que envolvam diversas organizacoes
Usar tempo fora do treinamento para leituras/ questionarios/ tarefas via Internet, reduzindo assim o tempo em sala de treinamento

Desafio 2 Resgatar a dimensao humana do T&D:cada participante quer cada vez mais ser tratado como um ser integral, com dimensoes racionais, emocionais e espirituais.

Aprendizagem precisa abordar o ser integral: ninguem mais quer so informacao tecnica e logica.O desafio e conciliar, alinhar:
razao com emocao
teoria com pratica
discurso com acao
sala de treinamento com mundo real
energia YANG com energia YIN
dimensao humana com dimensao empresarial
saber com fazer
As pessoas precisam resgatar o seu poder pessoal
Feminizacao do T&D: cada vez mais instrutoras, mais lideres e mais participantes mulheres.

Sugestoes de como lidar com esse desafio

Construir uma ponte entre a sala de treinamento e o mundo real dos participantes
Criar formas inovadoras de T&D: muitas vivencias, trabalhos praticos, abordagens alternativas, treinamentos outdoor, etc., que tratem o participante como um ser adulto e completo
Rever paradigmas, pois as energias masculinas e femininas estao cada vez mais presentes nas organizacoes

Desafio 3 Focar resultados e mudancas concretas:T&D amplia sua atuacao e deve assegurar contribuicoes tangiveis aos resultados da organizacao e que as mudancas comportamentais efetivamente ocorram. T&D ao focar o desaprender, o aprender e o reaprender se integra as estrategias de negocio das organizacoes.

Quanto T&D agrega de valor, para as pessoas e para a organizacao? como T&D afeta as metas? Qualidade? Tempo? Retorno financeiro?
T&D passa a ser ferramenta estrategica para os objetivos da organizacao:
desaprender o obsoleto
Aprender o novo
Reaprender quantas vezes seja necessario
T&D amplia sua atuacao: integra intervencoes e assegura que as mudancas ocorram de fato: que melhoria vai ser implantada? e nao apenas qual e o programa que vamos desenvolver?

Sugestoes de como lidar com esse desafio

Criar indicadores que mensurem a contribuicao do T&D. Quando isso nao e possivel, usar medidas indiretas como a Pesquisa de Clima Organizacional, Mapeamento 360o e comparacao entre grupos
Estimular a postura de eterno aprendiz
Criar uma linguagem que seja inteligivel aos executivos organizacionais
Nem sempre T&D e a solucao, pois podem existir outros fatores organizacionais, gerenciais, tecnicos que impedem melhores desempenhos.

Desafio 4 Usar cada vez mais a tecnologia da informacao (TI):os treinamentos virtuais, usando a Tecnologia da Informacao se fazem cada vez com mais intensidade, com o alargamento do uso do E-Learning, que e todo e qualquer aprendizado viabilizado pela TI, em geral envolvendo Internet ou Intranet. Gerenciar equipes virtuais passa a ser uma competencia critica.

Integrar o processo de T&D aos avancos da TI
E-Learning representa um investimento inicial e depois grandes reducoes de custos
Com a dispersao geografica das operacoes, gerenciar equipes virtuais e treinamentos virtuais passa a ser competencia essencial aos lideres e aos profissionais de T&D. As variaveis idioma e fuso horario precisam ser levadas em consideracao.

Sugestoes de como lidar com esse desafio

Preparar o T&D para os rapidos avancos ocorrendo na area de TI
Investir em programas piloto de E-Learning para incorporar o conceito
Preparar os lideres para gerenciarem equipes virtuais e terem maior dominio de idiomas

Desafio 5 Preparar-se para que a aprendizagem corporativa nao seja mais monopolio do T&D:todo lider tem o papel indelegavel para ser um lider de treinamento, um lidercoach. Temas como etica, espiritualidade, ecologia, responsabilidade social farao cada vez mais parte dos treinamentos.

Os lideres precisam ser preparados para este papel, pois os profissionais sao admitidos ou promovidos para cargos de gestao pelas suas competencias tecnicas e demitidos pela carencia de competencias de relacionamentos, de gestao de pessoas e equipes
O treinamento on the job passa a ter uma importancia crescente e os lideres precisam ser preparados para isso
Sustentabilidade passa a ser uma palavra chave nos treinamentos

Sugestoes de como lidar com esse desafio

Programas de Desenvolvimento Gerencial, focando principalmente competencias de gestao de pessoas e equipes tornam-se essenciais, em especial em temas como papel dos gestores, lideranca, trabalho em equipe, motivacao, comunicacoes, mudancas e reunioes
A area de T&D deve rever e atualizar seus referenciais, para ter nos lideres parceiros (e nao concorrentes) no processo de aprendizagem.
Sustentabilidade de resultados, de clima interno e de posturas inovadoras passa a ser um foco central nos treinamentos


Gostou? compartilhe!

Whatsapp Boog Whatsapp Boog